Parabéns ao corretor de imóveis!

Foto: divulgação

Quinta-feira, 27 de agosto, é o dia do corretor de imóveis. Em São Paulo são em média 160 mil profissionais registrados no Creci (Conselho Regional de Corretores de Imóveis). Particularmente, nunca ouvi alguém dizer “eu amo o meu corretor de imóveis”, assim como já ouvi: amo meu dentista, meu ginecologista e até o meu gerente de banco.

Dizem que muitos entram na profissão como “bico”, enquanto não acham trabalho melhor. Culturalmente no Brasil, a relação com vendedores, de forma geral, é que o cara está querendo tirar vantagens sobre o consumidor. Com o corretor não é diferente. Também pudera, o ser tão simpático que me ligava várias vezes em um único dia, depois do negócio fechado (seja uma compra ou locação do imóvel) desapareceu. Digamos que o “filme” do profissional está queimado.

Mas nem tudo está perdido. Eis que surgiu, há 3 anos, um super-herói disposto a mudar tudo isso. Trata-se do palestrante Guilherme Machado, de 39 anos. Formado em administração de empresas, seu perfil não é muito diferente da grande maioria que entra no mercado de corretagem de imóveis. “Comecei por falta de opção”, admite.

Nascido e criado em Vitória, no Espírito Santo, conseguiu, com seu jeito carismático e tino para os negócios, crescer na profissão, chegando aos 32 anos sendo sócio de imobiliária, com dezenas de funcionários e ganhando muito bem. “Mas algo começou a me incomodar, achei que os desafios tinham terminado”, diz.

Machado identificou que os treinamentos e as capacitações que desenvolvia com sua equipe era algo que gostava muito de fazer e que trazia resultados. Foi então que, sem nenhum preparo, decidiu criar o palestrante Guilherme Machado. “Pensei nisso em janeiro de 2012 e, em fevereiro do mesmo ano, dei minha primeira palestra já remunerado”, relembra, revelando que foi um fracasso.

Determinado, Machado idealizou um sonho: transformar o mercado imobiliário, fazer com que o corretor de imóveis fosse reconhecido como profissional pela sociedade, elevando a autoestima do vendedor, com foco no crescimento.

Criou o movimento “Quebre as Regras”, que propõe uma forma diferente de enxergar o mercado e criar novas ações. Principalmente no cenário atual, para o palestrante, o momento requer algumas análises e um olhar mais apurado e criterioso dos corretores de imóveis “Os corretores que quiserem ter sucesso no mercado imobiliário deverão calibrar o olhar para aquilo que realmente faz toda a diferença: as pessoas”.

Machado tem, como alicerce da motivação, os sonhos. Ele ensina que o profissional precisa sonhar para buscar a realização e tem de materializar, não um sonho de uma vida melhor, mas dar nomes, como uma casa de 250 metros quadrados, um carro Mercedes, mas tem de ter valor estipulado.

 

Ele também defende que o corretor de imóvel precisa conhecer muito do seu cliente, entender do mercado que atua e estudar sempre. Para auxiliar, ele dispõe gratuitamente vários conteúdos na internet. O negócio de palestrante deu muito certo. Hoje ele é reconhecido no mercado imobiliário como referência e ministra, por mês, mais de 20 palestras. Só na última semana esteve em São Paulo, Espírito Santo, Goiás e Rio Grande do Sul.

Enquanto o mercado chora, Guilherme Machado vende lenços.

Parabéns a todos os corretores que se orgulham da profissão e fazem da ética, transparência e respeito ao consumidor suas ferramentas de trabalho no dia a dia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *