Cenário “cabuloso”

Terça-feira, dia 26, a Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança) apresentou um balanço do mercado imobiliário de 2015 e as expectativas para 2016. Traduzindo o “economês” que vocês facilmente poderão ler dando uma busca nas notícias que divulgaram a entrevista coletiva, a situação é a seguinte: Para quem quer comprar um imóvel na planta, com financiamento bancário, é bom saber que as taxas de juros estão altas, e assim continuarão em 2016. As construtoras, devido às baixas vendas, estão lançando menos empreendimentos em São Paulo, o que pode fazer a oferta ficar abaixo da procura, com…

Novos condomínios

Desde 1964, a legislação permite que em um terreno sejam construídos vários prédios, compondo um único condomínio. Isso foi muito bem explorado pelas construtoras que faziam empreendimentos mais populares. Os mais antigos são facilmente encontrados nas regiões leste e sul de São Paulo. Na última década, no entanto, para melhor aproveitamento dos terrenos em áreas nobres, foram construídos novos condomínios equipados com infraestrutura de clubes. Piscinas, academias, espaços gourmet, brinquedoteca e tantos outros atrativos de áreas comuns. Outros estilos de condomínios estão criando verdadeiras cidadelas. São os de multiuso, com comércio, salas de escritórios e residências, todos no mesmo terreno.…

Caixa em crise

Sabe aquele período de limitação financeira no qual você limpa o cofre, procura moedas em bolsas e casacos no armário, cobra (ou pelo menos tenta) parente ou um antigo cliente que, em outros tempos, te deu um calote? Pois bem, acho que a Caixa Econômica Federal está passando por esta situação tão comum a nós, pobres mortais. As notícias dos últimos meses me despertaram esta dúvida (ou uma quase certeza) de que a Caixa está mais falida do que posso imaginar. O início do processo de retomada dos imóveis do programa Minha Casa, Minha Vida de contemplados inadimplentes me assustou.…

Lutai por nós!

Quarta-feira, dia 2, foi a entrega do prêmio Master Imobiliário 2015, considerado o Oscar do setor, promovido pela Fiabci-Brasil (Federação Internacional das Profissões Imobiliárias) e Secovi-SP (Sindicato da Habitação). Em sua 21ª edição, o evento seguiu os padrões de qualidade artística, com dança, música, recursos tecnológicos e a revelação dos 19 trabalhos ganhadores, mais o hors-concours. Estavam presentes os principais executivos de construtoras brasileiras, de agências de publicidade, políticos, representantes de entidades do setor, e uma turminha que a gente sempre encontra em festas boca-livre. Após o espetáculo e a entrega da premiação todos foram convidados para um saboroso e farto…

Parabéns ao corretor de imóveis!

Quinta-feira, 27 de agosto, é o dia do corretor de imóveis. Em São Paulo são em média 160 mil profissionais registrados no Creci (Conselho Regional de Corretores de Imóveis). Particularmente, nunca ouvi alguém dizer “eu amo o meu corretor de imóveis”, assim como já ouvi: amo meu dentista, meu ginecologista e até o meu gerente de banco. Dizem que muitos entram na profissão como “bico”, enquanto não acham trabalho melhor. Culturalmente no Brasil, a relação com vendedores, de forma geral, é que o cara está querendo tirar vantagens sobre o consumidor. Com o corretor não é diferente. Também pudera, o…

O momento de negociar

Na quarta, dia 19, a Abrainc (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias) e a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) anunciaram um novo indicador de análise do mercado imobiliário, com abrangência nacional. Para chegar aos números analisados no período de abril a junho, a Fipe teve acesso às informações das empresas associadas à Abrainc. Vale dizer que a entidade agrega as maiores incorporadoras do mercado, que comercializam imóveis em vários estados mas predominantemente em São Paulo. O novo índice não se contrapõe ao do Secovi (Sindicato da Habitação), também divulgado na semana. A tradução dos complexos números é simples: as vendas…

Minha casa, minha vida (profissional)

Quinta-feira pela manhã, o Estadão PME promoveu seu 14º encontro para empreendedores. Estavam lá os principais executivos das empresas Track&Field, Tip Top, Locaweb, Samba Tech,  Outback, Spoleto, Arezzo e Riachuelo. O tema central foi o empreendedorismo em tempos de crise. Todos os palestrantes foram unânimes em afirmar que, em tempos de crise, surgem as oportunidades. Parece jargão de gestão de negócios, mas pela experiência mostrada por esses executivos de marcas tão bem-sucedidas nos seus segmentos, despertou a esperança de quem estava lá, em busca de luz para iniciar um negócio próprio. Em comunidades virtuais das quais participo vejo que tem…

Não sei se estou pirando ou se as coisas estão melhorando

Apesar da crise (jargão adotado em quase todas as redações a exemplo do “cerca de”), não é que a semana me pareceu bem mais otimista para o mercado imobiliário? Minha crença se coroou com a postagem no facebook do Claudio Bernardes, presidente do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), sobre uma palestra do dono da construtora WTorre, na qual destacou: “O empresário Walter Torre esteve hoje em um encontro do Núcleo de Altos Temas do Secovi-SP. Ele deixou uma mensagem de confiança e otimismo e, em um dos momentos do evento, disse que os estrangeiros estão mais confiantes no Brasil do que…

Bullying no condomínio

  Hoje os prédios no Estado de São Paulo formam mais de 57 mil condomínios, segundo uma pesquisa de 2014 da Aabic (Associação das Administradoras de bens imóveis e condomínios de São Paulo). De 2009 a 2014, somente na capital, foram entregues mil novos empreendimentos, alcançando um montante superior a 25 mil edifícios, concluindo-se que as pessoas estão cada vez mais morando em apartamentos. Assim, embora os arranha-céus vêm dominando a paisagem paulistana de forma rápida (como na foto acima), o avanço da verticalização da cidade não é algo tão antigo assim. Estamos em uma terceira geração de pessoas que…

Devagar com o andor que o santo é de barro

Ontem foi dia de divulgação de índices do mercado imobiliário. O site do Secovi (Sindicato da Habitação), fonte oficial dos números, indica que os resultados da pesquisa apresentam relativa estabilidade no mês de maio. Em maio, foram vendidas 2.149 unidades residenciais na cidade de São Paulo, uma redução de 1,6%, em relação ao mês de abril, que registrou 2.185 unidades vendidas. Mas se for comparado com o mesmo maio de 2014, o aumento foi de 3,3%, quando foram comercializadas 2.080 unidades. Após a divulgação da Pesquisa do Mercado Imobiliário, feita pelo Departamento de Economia e Estatísticas do Secovi-SP, pipocaram reportagens…